terça-feira, agosto 16

Jeito De Amar



Jeito De Amar
 
Em mapa algum
Onde fui te procurar
Encontrei-me triste
Entre ilhas à vista

Estava sempre no alto
Vagando em seu primeiro plano
Trazendo-te o céu mais pra perto
No meu jeito de amar de longe

Guardado contigo
Entre caminhos e carinhos
Divididos por nós tantas vezes
Entre beijos decididos
Separados apenas
Entre linhas
Sozinhas

(Carla Fernanda)

Imagem: cidadesaopaulo.olx.com.br

30 comentários:

La sonrisa de Hiperión disse...

Estupendas las cosas que nos dejas siempre.

Saludos y un abrazo.

silvo disse...

Tal vez sepa donde buscar, beijinhos!

Everson Russo disse...

Um jeito delicado que ao amor sempre eleva, e não se permite deixar perder esse sentimento...beijos de bom dia pra ti querida.

Universo Paralelo disse...

Que jeito sensível e delicado de amar o seu, adorei, beijos e bom dia!

Universo Paralelo disse...

Um jeito delicado e gostoso de amar, lindo poema, beijos e bom dia!

Rô... disse...

oi Carlinha,

mesmo que sozinhos,
ou separados entre linhas,
devemos manter os olhos para o
mais alto dos céus...

beijinhos

Célia Gil disse...

Regressei agora de férias e passei para ler os seus textos e deixar um beijinho! E eis os seus poemas sempre surpreendentes e belos! Bjs

Katia Cristina disse...

Nunca terei a sua sensibilidade!
bjs

Sandro Ataliba disse...

Não há distância quando se está no coração.

Leonel disse...

Bom assim!
A distância só depende das emtrelinhas!
Mas, para o coração, nem isso segura!
Seu alcance está além desta dimensão!
Abraços, Carla!

Vivian disse...

Bom dia, Carla!!

Que linda sensibilidade querida!!!
Uma poesia onde a distância une!
Beijos pra ti!!

Simone MartinS2 disse...

Bom dia Carla e se nas entrelinhas, voce conseguir decifrar o quão meu amor é grande, saberás então, que nada foi em vão...Bjin e fique com DEUS!

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Carla
As vezes um tênue linha, é o bastante para separar duas pessoas.
Bjux

Magia da Inês disse...

°º✿
º° ✿✿♥ ° ·.
Linda declaração de amor.
Esse poema é uma ternurinha...
Amei a estética ele.
Beijinhos.
Minas.°º✿
º° ✿✿♥ ° ·.

Marcelo disse...

Oi Carlinha!

Lindo poema. Delicado como uma pétala de rosa.
Beijos
Tielo

zelia maria disse...

Belo poema, sempre , sempre o amor, que é lindo, beijo de zélia

ONG ALERTA disse...

Amor é pura magia...beijo Lisette.

Vinicius.C disse...

Como sempre Carlinha- uma delicia de se ler!

Deixo meu beijo e desejo a você uma ótima tarde!

Aproveito para agradecer por atender meu pedido ao comentar, meu texto- brigadoooo!

Beijo enorme nos encontramos no Alma!

Machado de Carlos disse...

Separados, mas unidos através de palavras. Assim é a vida de que escreve um poema que contagia!
Abraços!

reptilio disse...

¿la pintura es tuya?

un abrazo desde aca

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Carla! Como vai a desaparecida? Rsrs. O véio aqui tava cum sardade. Belo poema amiga. Adorei.

Beijos e ótima semana pra ti e para os teus.

Furtado.

Malu disse...

O AMOR é o mote da VIDA e por meio dele vamos desenhando nossos dias...
Lindo poema!
Abraços

ॐ Shirley ॐ disse...

Gostei, Carla, é muito bonito. Beijos!

Lao disse...

La distancia en el Amor es pura magia....Bellísimo tu poema. Cariños.

lucidreira disse...

É por essas e outras que todos os poetas são sensíveis e delicados, como você principalmente.
Queria eu ser assim.
Abraço

AFRICA EM POESIA disse...

AMar
e lindo


Estive uns dias fora... Andai por este Portugal.
Visitei Amigos ,Matei saudades.
espreitei sempre o blog mas...não escrevi.
Hoje...
Voltei.
E vim deixar beijinhos

Gosto-te... De Verdade

Majoli disse...

Carla querida, tenho muito pra ler, como estive internada e ao voltar pra casa, tive que fazer repouso, só repostei uma homenagem ao meu pai no domingo, e ontem postei um acróstico.

Mas pode ter certeza, virei com calma, quero ler tudiiiiinhoooo que você poetizou.

Venho mais tarde, tá?
Hora de remédio e de fogão também.
Beijos minha querida.

Toninhobira disse...

Ah, o amor. Acordar assim nesta quimica em formula perfeita, que nem o tempo e a distancia pode adulterar.Adorei amiga das pedras,das Gerais.
Meu terno abraço.
Bju.

Carla Fernanda disse...

Vc já faz um bom trabalho como fotógrafo e escultor Lu!
\o/

Majoli disse...

Que jeito de amar mais ímpar.
"...separados apenas entre linhas sozinhas"
O que dizer?
Sem demagogia, AMEI!!

Beijos minha querida.