quarta-feira, maio 25

Amores que Tive

 
Amores que Tive

Os amores que tive
São pássaros que voaram...
E luzes que apagam
Até que meus olhos te encontrem
Felizes
Com o brilho de antes

A poucos instantes
Das minhas asas me levarem distante
Sem o limite da razão
Como em Dante

Para um querer adiante...
Que eu ame
E me encante!

(Carla Fernanda)

47 comentários:

MACAU BANGKOK O MAR DO POETA disse...

Ilustre Poetisa Carla,
Encantado fico ao ler seus maravilhosos poemas, a Musa está dentro de si, e os amores esses virão a seu tempo.
Os pássaros continuarão a voar, as luzes se apagam da mesma forma, porém o amor quando nasce só finda com a morte.
Saudações poeticas

Mafia Sonora disse...

Lindo texto e a referência literária também tudo de bom, inclusive tenho que ler novamente depois li a um bom tempo atrás, tenho que relembrar com certeza, beijão Carla.

silvo disse...

Llegará ese amor garnde, besos

José Sousa disse...

Oi querida Carla!
Como gostaria ter asas curtas e logo encontrar o amor! Voo, voo e não encontro em meus caminhos o amor que me alimente a alma!

Um beijo grande.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Oi,CarlA. Bela referência de pássaros com amores que se vão. Bem, alguns pássaros são rebeldes e não voltam mais, alguns voltam com saudades. Espero que algum passarinho especial volte para você. Beijos

Su disse...

Carla, bom dia... linda poesia, e como é bom quando conseguimos alcançar o amor... Beijinhos e um lindo dia! Su.

Xipan Zéca disse...

Que lindíus esse gonócio de amor, Carla....!

"Os Lóvi quêu tive erum tudo tão passagêros... Daí deixei de ser motorista de ombinús e comprei uma bicicréta!!
Foi aí então, que os lóvi ficaram tão far far away!"


Deussssssssssssssskiajude
Beijo
Tatto

Carla Fernanda disse...

Tenho não Carlos. Meu marido está aqui bem pertinho, coladinho...kkkk

Célia Gil, narciso silvestre disse...

O seu poema reflectiu mesmo esse "querer adiante". É espectacular!

Misturação - Ana Karla disse...

Carlinha fiquei encantada com a sua sensibilidade.
Bom dia
Xeros

Vivian disse...

Bom dia,Carla!!

É lindo!!Encanta!
Não tenho muitos amores para lembrar...rsrsrs
Só os platônicos talvez...aí foram muitos...rsrsr
Beijos pra ti querida!!
*Tuas poesias estão lindas, bem construídas e muito inspiradas!!Parabéns!!

Everson Russo disse...

Que continue amando outro horizonte, outra beleza,,,os amores passados são historia, são memoria,,,algumas vezes ate saudades...grande beijo de bom dia pra ti querida.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Carla
Sempre voamos a procurar o amor, e por certo pousaremos em um coração apaixonado.
Bjux

Flor de Lótus disse...

"Para um querer adiante...
Que eu ame e me encante!"

Ai ai como é difícil esquecer os amores que já tivemos,sempre fica uma pontinha, algo inacabado,mas o tempo cura todas as feridas...
Beijosss

Ana Manotas Cascos disse...

Carla, gracias por tu visita a mi blof, la verdad es que el tuyo es muy bonito y escribes muy bien.
Saludos

✿ chica disse...

Lindísima tua inspiração,Carla! um lindo dia,beijos,chica

Ana Manotas Cascos disse...

Carla, me quedo por aqui con tu permiso.

Carla Fernanda disse...

Bem vinda Ana Manotas! Um prazer tê-la em meu blog.

Camille disse...

eh bom pensar nos amores passados ne?
gostosinho...
bjs

RELTIH disse...

VOLÉ CON SUS LETRAS.
UN ABRAZO

Tunin disse...

Tua sensibilidade, Carla, é algo fantástico. Se já te disse isso, vale repetir.Abração.

reptilio disse...

luego si digo, estaria bien volverme a enamorar, pero luego mejor no hahaha

buen dia

Felipe Paulo disse...

Bom dia Carla,
Lindo poema,expressas bem
o amor que se vai e de quando se ascende
a luz,de tudo que se viveu,nasce
o desejo de uma nova chance pra ser feliz.
Linda imagem em movimento. :D
Bjs,Deus cuide de ti e tua casa!

Vanuza Pantaleão disse...

Já voltei das férias, amiga...e volto feliz por te reencontrar nesses versos que falam de amor semelhantes aos pássaros.
Lindo demais!
Beijinhos

ANRAFERA disse...

Carla Fernanda, ante todo quiero agradecerte tu visita a mi -vuestro- blog de Diseño Gráfico con Photoshop.
Un placer haber llegado a este rincón. Me gusta mucho como escribles. Este poema lo encuentro precioso.
Enhorabuena y por aquí me tendrás, siempre que pueda.
Un cordial saludo desde España.
Ramón

Leonel disse...

Carla, aqui o poema está mais longo que no outro teu blog...
Mas vale o comentário que fiz lá!
Abraços!

Fred disse...

Ih.... os meus foram tantos que não os posso contar... hahaha! Bjz, Carla!

Vanuza Pantaleão disse...

Você é muito gentil, Carla. Por esses dias, farei uma breve crônica de viagem e postarei algumas fotos.
Obrigada mesmo!Bjssss

iglesiasoviedo disse...

Un hermoso poema, todo sensibilidad y elegancia.
Un beso.

Toninhobira disse...

São tantas emoções minha amiga.Lindo os quereres e vasto o sentimento.Bju.

MARILENE disse...

Alguns pássaros voam e outros chegam. Eles conhecem o melhor lugar e o mais aconchegante canto. O amor também. Por isso mesmo, como os pássaros, não pode ser aprisionado. E na liberdade nos enche de emoções, como você faz em seus poemas.

Bjs.

Ricardo Steil disse...

Metáfora perfeita. Amores passados, quem já não os teve... Amores presentes, quanta alegria. Show de bola Carlinha e um enorme beijo

Cristi@ne disse...

Olá afilhadinha do meu coração!!! saudadinhas tuaa...desculpa-me pela ausência viu? estás mesmo uma bela poetisa...lindos poemas..parabéns!!!
Bjokass, fica com Deus!!!

Monja de Clausura Orden de Predicadores disse...

Gracias amiga Carla por esas letras tan bellas, aunque el traductor me lo traduce cmo literalmente y le quita sentido, en fin...nuestras limitaciones, tengo que poner mi imaginación, creo que usted entiende mejor mi idioma ¿Verdad?
Bueno, le dejo mi ternura
Sor.Cecilia

R. R. Barcellos disse...

- Amarás eternamente
- Capelo Gaivota - o Fernão;
- E voarás livremente
- Nas asas do furacão.

- Abraços, poetisa...

Guará Matos disse...

Querida claro que lhe sigo! O problema foi apenas em alguns itens do blog e não afetou os que sigo e os que me seguem.
Tudo continua do mesmo jeito.

Bj.

Evelyn Colaço . disse...

''Sem o limite da razão''

A razão as vezes só nos serve como artifício de limitação.

Liberdade. disse...

boa noite Carla!

perfeito!

amores,pessoas,amigos,momentos,
são pássaros que voam,deixando
um doce gosto de saudade ,
um beijo querida!

Rô... disse...

oi querida,

que lindo o amor
embalados nas asas dos pássaros,
nos dá a sensação de leveza e liberdade,
como acredito que deve ser o amor...

muitos beijinhos,
minha amiga

PATRICIA PALLERES disse...

MUY BELLO POEMA, MUY BIEN ESCRITO!!

BESITOS . . PATRY

Simone Martins2 disse...

Boa noite Carla, as vezzes as pessoas confundem o real com o ficticio, fazer o que ne? Mas faz parte da vida de quem gosta de escrever e se expor, e quem sabe as vezes, nao colocamos "algo" que venha de dentro de nossa alma? Quem sabe amores passados? Mas enfim, amaei essa tua misturação de passado, presente e amores que vem e vao...bjin

Rosemildo Sales Furtado disse...

Acontece que alguns voam, se arrependem e, quando pensam em voltar, os espaços que antes eram seus, estão ocupados.

Belo poema amiga.

Beijos,

Furtado.

J Araújo disse...

Carla, obrigado pela visita em meu espaço. Gostei do seu blog e com certeza volterei outras vezes.

Bj

ॐ Shirley ॐ disse...

Querida Carla, acho que o amor pode mesmo ser comparado a um pássaro com grandes asas...Belo,poema. Um beijo!

Carla Fernanda disse...

Bem lembrado Barcelos o Fernão, a gaivota que vivia liberdade. Apaixonei-me pelo livro ainda quase criança e o li umas três vezes.
Inesquecível, adorável!

Majoli disse...

Oi linda, me perdoe pela ausência, dias corridos por demais.

Encantada com sua poesia, eu espero que um delicioso amor que ficou no passado, volte pra mim.
:)

Beijos de uma deliciosa noite.

Carla Fernanda disse...

Majoli e eu torço para que não demore. Vc é tão envolvente, atraente.
Boa sorte!