sexta-feira, setembro 7

Chão de Lua



.
 Chão de Lua

Bem
Vinda
Na chuva seja
Luz que bate em pedra nua
Trazendo o céu no chão da lua

Desfeito
Do vento espalhado
Onde piso
Adentro

Detalhes molhados
Antes que daqui a pouco
Finde ser breve como o relento
A poça d’água
No tempo

(Carla Fernanda)

Imagem: caosdepalavras.blogspot.com

53 comentários:

✿ chica disse...

Muito linda,Carla!!Sempre inspirada!

Ótimo feriadão!beijos,chica

Maribel G. M disse...

Bellísimo poema querida Carla.
Un beso y buen fin de semana

EDER RIBEIRO disse...

Carla, a tua linguagem poética é de causa boa inveja. Transmitiu com rimas ricas todos o esplendor da lua qdo refletida em um espelho dágua. Bjos e bom feriado.

Magia da Inês disse...

彡♡` Olá, amiga!

A foto, a poesia, a natureza, a inspiração e os sentimentos... muita leveza e estilo na sua poesia.

Lindo dia!
Bom fim de semana!
Beijinhos. ♡彡.
¸.•°`♥✿⊱╮

Victor Aranda disse...

Inspirada imagen para completar el texto.
Saludos

Andradarte disse...

Mais um poema cheio de inspiração..
BFS
Beijo

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Sempre maravilhosos os seus poemas! Bjs

Evanir disse...

Uma das grandes bênções da vida
é a experiência que os anos vividos nos concebem.
Aniversariar é uma amostra das oportunidades que temos de aprender a contar os nossos dias.
mais uma janela e abre diante dos meus olhos,
mais um espinho foi retirado da flor,
restando somente a beleza de tão bela data.
Com fé, na esperança e no empenho por ser melhor a cada dia.
Seguindo pelos caminhos da verdade e do amor.
Um dia encontrarei o mais belo jardim, o jardim que representará a realização
dos meus maiores sonhos.
Com saudades .
desejo um feliz final de semana
venha curtir meu aniversário.
Beijos na sua Alma,Evanir.


Pedro Luis López Pérez disse...

Una delicia de Poema lleno cráteres de inspiración.
Un abrazo.

ReltiH disse...

ESA SENSIBILIDAD TUYA... MUY BONITA.
BESOS

Toninhobira disse...

Finda-se a poça e enternece a poesia.
Belissimo olhar amiga.
Carinhoso abraço.
Belo fim de semana.
Bjo.

Isa E. disse...

Carla,
De um momento tão simples, um reflexo da lua numa poça d'água, você fez nascer uma linda poesia...
Gostei de sua escrita.
Um beijo carinhoso.
E obrigada pela delicadeza da visita.

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa noite amiga dos poemas mais profundos...aprofundando sempre ...ficando cada vez mais inspirador...
bjsssssssssssss

ricardo alves / são paulo,brasil disse...

vc conhece a banda de pau e corda??? pois e este texto lembra eles...fantastico!

Olinda Melo disse...


Querida Carla Fernanda

Dia 7-Independência do Brasil, desejo que tenha tido um bom feriado.

Este 'Chão da Lua' dá que pensar.Uma esmerada construção poética que nos traz o reflexo do céu no chão da lua, o vento e a brevidade do tempo.

Beijos

Olinda

Bjs

Olinda

Carla Fernanda disse...

Não conheço Ricardo.
Obrigada!!

Simone MartinS2 disse...

E no final das chuvas, restam
as poças onde podemos brincar de se molhar, topas??
Voce como sempre escrevendo lindamente, adoroooooo...Bjinhos carinhosos e juntas, sempre lado a lado com DEUS!

Carolina disse...

Ah, que romantica inspiracao, Carla! Chove, chove, nao parar de chover. Chuva em sua bela poesia e no meu coracao...
Desejo a voce um fim de semana agradable e doce.

Lu Cidreira disse...

Boa noite Carla, também não sei o que acontece com esse Google, de vez em quando me depara com a mesma situação.
Que bom que Deus deu aos poetas as inspirações para traduzir em poemas os elementos da natureza.
linda composição do Chão e Lua.
Abraço

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa noite!
Carla!
...é preciso muita sensibilidade para fazer do reflexo da lua numa poça d`água... lindos versos!Gostei!
Obrigado!
Bom final de semana!
Beijos

R. R. Barcellos disse...

A Deusa da minha rua

Bom feriadão, menina!

Leonel disse...

Tu, soberba e altiva, acabas por pisar na lua, humilde na poça d'água...
Vacilante e trêmula sob teus pés...
A pobre rainha da noite se encolhe...
E serve de inspiração para um poema!
Bom finde, Carla!

Vera Lúcia disse...


Linda poesia, Carla!
Gosto de sua inspiração sempre doce e sensível.

Ótimo final de semana.

Beijão.

Duarte disse...

Deixas que o verso fale e ajude a comprender, que riqueza na metáfora!

Essa magia que tem a lua,
como quando se deixa ver,
meio oculta, como a tremer,
no espelho das poças da rua.

Abraços de vida


Giancarlo disse...

Complimenti, molto bella!!
un felice fine settimana a te....ciao

Cigana Raicha disse...

Oi Carla , boa dia!!
Estou passando para agradecer tua visita, e também para te desejar uma final de semana abençoada, com muita alegria, amor e tudo de bom !!
Bjs, e fique com Deus !!
Optchá!
Cigana Raicha
http://ciganaluminosa.blogspot.com.br/
http://www.facebook.com/elainedossantos.santos.52

ANTONIO RUBILAR BARBOSA VALENTE disse...

O teu "Chão de Lua" é uma poema muito acalentador aos sensíveis corações que se apaixonam, não só pela lua, como pela chuva, pelos animais, em especial a um voo do colibri. Lindo, adorei.Um ótimo fds pra vc e os seus.Um bjo amigo, Rubi.

Everson Russo disse...

Infinitamente lindo e reflexivo esse chão de lua,,,que depois da chuva reflete um luar,,,ainda que apressado a se sonhar....beijos amiga e um belo sábado pra ti...

ELAINE disse...

Lindamente inspirada! Parabéns! Desculpe a demora em responder!....
Um abençoado e feliz final de semana!
Abraço carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Parole disse...

O tempo passa rápido como as poças depois da chuva então é melhor aproveitar para brincar enquanto elas existem.Seu poema é belíssimo.

Beijinho, Carla.

José María Souza Costa disse...

Carla,
Belissimo o seu poema.
Parabens
Força, sorte e felicidades

Su disse...

Moça-poesia...

lindo e singular teu "olhar" para a Lua...

Beijos e um final de semana lindo lindo pra ti!

Su.

Carla Fernanda disse...

Barcellos....kk
Uma música e tanto. Ouvi sim. Claro!!
Obrigada!!

Anne Lieri disse...

Carla,adorei esse ceu no chao da lua!Poesia de sonho,encantadora!bjs e bom domingo!

Sor.Cecilia Codina Masachs disse...

Buena inspiración mi querida Carla, la lluvia que cae en la piedra desnuda, la recibe del cielo , la hace fuerte.
Con ternura
Sor.Cecilia
El traductor no anda muy bien, así que no sé si he acertado en comentarla.

LUCONI disse...

Carla que inspiração mais linda, uma poesia que nos encanta, beijos Luconi

Carolina disse...

Feliz domingo, Carla!!

____8888___88888888___8888
___888888_8888888888_888888
___888888888888888888888888
___888888888888888888888888
____8888888888888888888888
_____88888888888888888888
_______8888888888888888
_________888888888888
______________**
____####______**______####
___#######____**____#######
____#######___**___#######
______######__**__######
________#####_**_#####
__________####**####

Liberdade. disse...

OLÀ moça!

lindo e inspirador!

saudades desse cantinho especial!

um abraço!

Miguel de la Torre Padilla disse...


Me gusta el mensaje que encierra tu texto! un abrazo desde Jaén y un feliz domingo

Severa Cabral(escritora) disse...

S*I*L*E*N*C*I*O ! ! !

Vim deixar beijos de dia de domingo,rsrsrsrs,e tbm para todos os dias da semana...
saudadessssssssss

SOL da Esteva disse...

Uma perspectiva nova sobre a Lua e o final do Inverno.
Lindo.


Beijos


SOL

Crista disse...

Mas bahhhhhhhhh...até eu cansei em todo mundo querer me beijar e não conseguir...rsrsrsrsrs...
Bom domingo e uma semana ótima para ti!!!!

Sônia Amorim disse...

Depois da chuva bela poça de agua refletirá a lua a brilhar,imagino a cena, lindo poema, beijos bom domingo

Everson Russo disse...

Um belo domingo e uma excelente semana pra ti minha amiga querida...beijos e beijos..

Montserrat Llagostera Vilaró disse...

Bellísimo Carla Fernanda.
Te mando um beijo, Montserrat

David C. disse...

La lluvia como inspira.
Saludos
David

MARILENE disse...

São duas luas encantadas. Uma se vai com a poça d'água e não retorna. A outra nos encanta quase todas as noites. Bjs.

Jacques disse...

Olá, Carla.
Belo poema; a lua refletida em uma poça d' água é uma imagem efêmera, da mesma forma que nossas emoções também o são.
Abraço.

Mauro S disse...

Quanto as mudanças relutei ao máximo para permanecer com a interface antiga e um belo dia quando entrei nele já havia mudado para esta interface atrapalhada que o programa criou.
Aí te pergunto: pra que facilitar se pode complicar?
É assim que eu vi esta mudança, como um monte de coisa misturada ante a outra simplificada e que estava melhor.
Minha opinião também, e todas tem uma, esta é a minha, porque para mim, para nós, não ajudou em nada.
Como estava antes estava ótimo, simples porém ótimo, mas não vem me impedindo de postar, e acabaremos nos acostumando.
Abraços, beijos e obrigado pelas visitas.
Bom dia!

Fa menor disse...

Belíssimo momento de poesia!

Bjo

Cristi@ne disse...

Afilhadinhaaa...tdo bem? kd vc? sumiu por aqui...ah não abandona não...suas poesias são lindas!
Te espero no Infinito tá?
Bjokas e uma linda semaninha

Sopa de Letrinhas da Leninha disse...

Lindos versos! Parabéns!

Ana Maria Braga disse...

Parabens pelos belos versos. Bjs