domingo, maio 6

Asas De Anjo

.

Asas De Anjo

Há alguns anos,
 perdi um anel de ouro que amei, 
desde à primeira vista, na vitrine da joalheria. 
Ele caiu pela janela do carro em movimento
 enquanto eu dirigia e tentava, 
ao mesmo tempo, 
trocá-lo de mão. 
Parei o carro e procurei muito, 
mas não o encontrei.
Costumava treinar o desapego
e despistar a tristeza,
que durou ainda por uns dias,
imaginando a felicidade de alguém
passando por aquela rua num dia de sorte,
 e de repente, o encontrando ali, todo brilhando!!
Engraçado que, vez em quando,
ainda sonho que ele sai voando para longe
e fico olhando até perdê-lo de vista... 
Deve ser por quê nele 
tinha um anjinho lindo, 
com asas bem grandes e abertas.
Quando eu o olhava,
e era coisa que gostava de fazer,
tinha mesmo a nítida impressão
 que ele estava querendo
ir embora...

(Carla Fernanda) 

Imagem: prosaserisos.blogspot.com

50 comentários:

Parole disse...

Há coisas que simplesmente não sentimos como nossas, mas foi uma pena vc perder um anel tão lindo.

Beijinhos.

Carolina disse...

Ola Carla, eu senti sua falta! =)
Esperemos que algum dia este lindo anel de volta para você. Seguramente, um anjo vai trazer para você...
Feliz comienzo de semana.

silvo disse...

Siguió su destino, beijinhos!

Arnoldo Pimentel disse...

Um poema lindo sobre a perda, mesmo material, mas que se sente dor.Beijos.

✿ chica disse...

Sonha, continua a sonhar sempre.Talvez neles, esse anjinho pegue a estrada de volta!! Tomara! beijos,chica

Rô... disse...

oi Carlinha,

é tão chato ter que aceitar as perdas,
mesmo as materiais,
porque o que está com a gente,
nos parece que é nosso,né?

beijinhos

Leonel disse...

Uma pena ser um anjinho fujão...
Eu também não me conformo quando perco coisas assim...
Abraços e boa semana, Carla!

Vivian disse...

Olá,Carla!!

Que coisa,né?!Deves ter razão, quem o achou deve ter sentido muita alegria por ter tamanha sorte.
Que bom que pensas no desapego,nada fácil,mas essência para vivermos bem, de forma equilibrada.
Trabalho muito o meu...ás vezes,ganho,ás vezes perco...mas vou persistindo!rs
Beijos minha amiga!!!!TUDO DE BOM PRA TI!

Everson Russo disse...

Sempre haverá algo de especial nas coisas da vida da gente, algo que nos significa bem mais do que as pessoas possam imaginar...beijos de boa semana pra ti amiga.

Elen Abreu disse...

Ruim imaginar algo que gostamos tanto nas mãos de outra pessoa.
Que seja seu novamente, se for para seu bem.
Beijo linda poeta.

Simone MartinS2 disse...

Boa taarde Carla.
As vezes, temos que
deixar nossos anjos
livres para voar e
descobrir quem eles
querem ajudar. Teu
anjinho se foi, porque
um Anjo mais forte e
poderoso ao teu lado
se instalou...O Anjo
da sabedoria, desapego
e alegria...Agora, voce
estará pronta para descobrir
qual o verdadeiro sentido da
Vida!! Cuidar do espirito e
deixar a materialidade só
como veste de tua alma!!
Adorei te ler...bjinhos!

Solange disse...

os nossos pensamentos insistentes, também são realizados..

bjs.Sol

R. R. Barcellos disse...

Tuas asas te levaram
Por serem asas de gentes
Por céus muito diferentes
Dos que asas de anjo buscaram

Beijos.

Majoli disse...

Carla querida, achei tão triste Asas de Anjo.
Sim, temos que treinar o desapego, sempre...mas não é fácil.
Acho que o anjinho do anel sentiu vontade de voar mesmo e quem sabe tenha alegrado algum coração que triste estava...

Beijos com carinho.

Nilson Barcelli disse...

Então foi o anjinho que fez voar o anel...
Belo poema, gostei do tom leve das tuas palavras.
Carla Fernanda, querida amiga, tem uma boa semana.
Beijo.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Lamento essa perda Carla. A perda é maior quando o seu significado era também ele maior!
Queria ter podido estar do teu lado procurando ele! :(
bj

Fátima disse...

Oi Carla,

Que coisa linda que é a sensibilidade de um poeta!!

Beijo meu

Angela Fonseca disse...

Que história bonitinha demais essa, Carla! E olhe bem: como anjos estão sempre voando, quem sabe ele mesmo, ou algum outro surja voando na sua vida!... Afinal, praticar o desapego é uma coisa, agora bem outra é ver nossos anjos saírem voando por aí, sem nos pedirem licença. Beijocas, Angela
http://noticiasdacozinha.blogspot.com

Carla Fernanda disse...

Obrigada amigos pela ajuda e desejos sinceros....

"Que seja seu novamente, se for para seu bem" (LINDO Elen Abreu!!)

E esse anjo mais forte Simone, que fique para que eu possa também emprestá-lo aos amigos queridos...

:D

Simone MartinS2 disse...

Bom dia linda poetisa Carla.
Ele ja passou por mim hoje
cedo e me iluminou, estou feliz!
Obrigada pelo carinho de sempre!
Te amodoro!! Bjinhos e fique bem!
Fique com DEUS!!

mixtu disse...

o anjinho voou...

e um dia voltará... nos sonhos e trará o anel pois o anjinho não é lavrão

jajaja

abrazo serrano

MARILENE disse...

O anjo já estava instalado em seu coração e o anel, sem ele, provavelmente não tivesse despertado seu desejo de posse. Quando perdemos algo, sentimos, pois somos humanos. Depois, acabamos entendendo que, até objetos, podem estar sendo necessitados para iluminar outras pessoas.

Grande beijo!

Fa menor disse...

"treinar o desapego
e despistar a tristeza,

imaginando a felicidade de alguém
o encontrando ali"

Nunca tinha pensado nisso... mas olha que é uma boa ideia.

Bjos

lis disse...

Oi Carla
Lindíssimo , e claro imaginei,interpretei com uma bela metáfora em homenagem a algum bem precioso.
Esses sim quando voam nos deixam imensamente tristes e sonhamos te-los de novo.
No entanto há a máxma: "vão-se os aneís, ficam-se os dedos"
uma tarde e noite linda pra ti

PEPI disse...

Olá Carla,
Gostamos muito de te conhecer
A pessoa que achou o seu anel deve ter ficado muito contente.
Eu fico muito triste quando perco alguma coisa
Tenho que treinar o desapego...rsrs
Tenha uma linda tarde e
Fique com Deus
Beijinhos afetuosos de
Verena e Bichinhos

Everson Russo disse...

Uma excelente tarde pra ti minha amiga, repleta de paz e muita poesia...beijos e beijos.

Mauro S disse...

Ninguém gosta de perder, seja o que for, mas faz parte, agora sonhar é livre.
Às vezes me vejo sonhando por muitas coisas.
Pena esta perda, mas o que será que ela te trouxe de bom após este fato?
Beijos, Mauro

silvioafonso disse...

.


Amor acordado, lúcido, com-
binado.

Beijos,

Palhaço Poeta





.

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa noite!
Tudo bem?
...engraçado: desta vez, eu nem prestei MUITA atenção nos versos,e sim, na "histórinha" ...e confesso, que fiquei encantado com a sua sutileza ao tratar de uma tristeza ( sua e felicidade de alguem)...muito bom!
Boa quarta!
Beijos

Carla Fernanda disse...

Boa pergunta Mauro!

Aceitar as coisas que se vão... talvez... recomeçar a partir de outro ponto de vista.... sobreviver... fortalecer.... viver no presente... tanta coisa...

Carla Fernanda disse...

Lis,
"Asas de Anjo" cabe perfeitamente para esses casos.. interpretaste muitíssimo bem... comigo também aconteceu... a vida nos proporciona esses momentos só para nos ensinar o valor das coisas sem preço!!

Beijos!!

BRISA disse...

Querida Carla
Tem coisas que tem um valor sentimental. Vale mais que o dinheiro. Lindo. Desejo que vc esteja bem viu.Parabéns, pois você é uma mulher exemplar e, além disso, sabe ser uma grande mulher.

Você merece esse dia para ser homenageada com muito amor.

Que Deus te conserve com esse coração cheio paz.

O dia é seu e são pra você os meus votos de paz, vida, saúde, alegria, fé e muita força.

Feliz Dia das Mães!!
Brisa

BlueShell disse...

Tu procuraste e encontraste. Muitas vezes, na vida, temos de buscar o que nos é querido..
ÉS LINDA!Tens uma alma pura...
Obrigada por isso.
BShell

MA FERREIRA disse...

Carla...

Creio que vc ficou triste nao por ser uma joia..mas pq esta joia tinha um significado para voce.

Talvez este anjinho precisasse dar protecao a outra pessoa...talvez a missao dele ja tivesse sido cumprida!!

bjs

Everson Russo disse...

Uma bela quarta feira pra ti minha amiga, paz e carinho sempre...beijos e beijos.

Giancarlo disse...

Passeranno gli anni ma quell'anello non lo scorderai mai, perchè sarà quell'angelo a frtelo ricordare!!Felice giornata a Te...ciao

silvioafonso disse...

.


Fiquei tão triste com a perda
que tive ímpetos de voar por
sobre a área do acontecido
só para, caso o encontrasse,
puder, bem de perto, ver o
brilho dos seus olhos...

Palhaço Poeta





.

Sonhadora disse...

Minha querida

mesmo as perdas materiais doiem, por vezes não é o valor monetário mas o sentimental.
Como sempre adorei.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Camille disse...

Lindo o poema!
bjs

Tais Luso disse...

Você encontrou uma maneira de aceitar a perda, de sofrer menos. Mas ele não queria ir e nem você queria soltá-lo, apenas aconteceu. São acontecimentos tristes. Sei do carinho que temos por estas coisas.

beijão, amiga.

Everson Russo disse...

Um belo dia cheio de versos pra ti minha amiga...beijos.

Anônimo disse...

Que perda!!

silvioafonso disse...

.


Domingo é o dia das mães,
mas como o infortúnio não
tem critério de escolha eu
antecipei o texto justifican-
do nele o nosso amor por
elas.

Espero você lá,

Palhaço Poeta







.

Antonio Rubilar B. Valente disse...

Amiga querida!!!
Cheguei um pouco tarde para comentar.Os amigos já disseram quase tudo, mas eu ainda "ouso" dizer que o anjinho que você imaginou estar ali naquele anel, na verdade não foi embora, ele simplesmente foi buscar "reforço" para então poder acopanhar você em todos os momentos de sua vida.O bem material até pode se perder da gente, mas o sentimental,esse fica cravado em nosso peito e nossa memória, e é sempre bom a gente acariciar esse momento nosso, só nosso.É isso minha amiga, fique com Deus e tenha um dia maravilhoso.Um bjo amigo, Rubi.
p.s.-tchan!tchan!tchan!tchan!Dia 20 está chegando hehehehe!!!

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida amiga
Meu Abraço de Paz e bem!

Mãe do céu da terra e do mar
Por favor,
Ensina-nos o teu segredo
Do Teu Amor
Para que não tenhamos medo
De apreender Amar!
Meu abraço carinhoso para você!

Se você for mãe Feliz dia das Mães!

Maria Alice

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida amiga
Meu Abraço de Paz e bem!

Mãe do céu da terra e do mar
Por favor,
Ensina-nos o teu segredo
Do Teu Amor
Para que não tenhamos medo
De apreender Amar!
Meu abraço carinhoso para você!

Se você for mãe Feliz dia das Mães!

Maria Alice

Carla Fernanda disse...

Amém Rubi!!
Quero, que venham, preciso!!!

Beijo no seu coração aí no Japão!!

Toninhobira disse...

Exercitar o desapego é mesmo uma arte Carla,que creio fazer bem sempre.Aquela maxima dos dedos e do anel vale?
Quem sabe ainda encontra um parecido?

Um abração amiga.
Bjo.

Carla Fernanda disse...

Acho mais não Toninho!!!
Já procurei em muuuuitas lojas, cidades....
:(

Olinda Melo disse...

Querida Carla Fernanda

Um anel querido que voa nas asas dum anjo só pode ser bom augúrio. Vontade de consolar alguém e que só assim pôde ser feito. Pensar na felicidade que essa pessoa sentiu poderá ser lenitivo para essa perda.

Adorei o seu poema. Tão lindo e tão cheio de amor.

Beijos

Olinda