terça-feira, abril 24

Escrita de Luz

.

Escrita de Luz

 Entre horas
Nascentes do sol
Apaga a luz pegadas
Acesas com sombras escuras
Ladrilhadas de noite fria
Eu diria

Para escrever
De caminhos poucos
Brotos de tantos outros
Com cada palavra calor
Emprestada que seja
De amor

Por 
Vezes e vezes
E mesmo se par...tida
Guarida

Ainda
Muito mais referida
Verdade de chama
Incontida

(Carla Fernanda) 

Imagem: incinerrante.com

35 comentários:

Simone MartinS2 disse...

Bom dia querida Carla.
Essa verade que chama
incontida, é que nos leva
a refletir e pensar...O amor
vale a pena? O que queremos
desse amor? O que ele quer
do nosso amor? O que queremos
para o nosso amor?
Enfim, nuncaestamos satisfeitos,
queremos sempre mais até que se
esgotem nossas forças e esquecemos
como é bom Amar,,,Bjinhos saudosos!

Lao disse...

la Luz necesita de la sombra amiga Carla. Bella poesía, beijos.

marlene disse...

BOM DIA MINHA AMIGA CARLA
QUE LINDO POEMA PARABENS ADOREI
PASSEI PARA DEIXAR UM ABRAÇO DE BOM DIA E DIZER QUE ESTOU SENTINDO MUITO SUA FALTA LÁ NO MENTORES DE LUZ
SEJA SEMPRE BEM VINDA QUANDO PODER DAR UMA PASSADINHA BJS COM CARINHO MARLENE

PauloSilva disse...

Que linda a poesia!
Mágica como a lua pisada da noite.
Um abraço.

Rô... disse...

oi Carlinha,

só iremos aproveitar o brilho
do lindo dia de sol,
se vivermos as sombras da
noite...

beijinhos

Tiziano disse...

Olá Carla é maravilhoso o seu poema sobre a luz
uma calorosa saudação Italiano

Tiziano.

Marcia disse...

Lindo Carla um beijinho pra você!

Monja de Clausura Orden de Predicadores disse...

Hola Carla, no pongamos restricciones para gozar de la verdad, de la mejor, porque hay verdades que no son dignas de saber, si no son de amor.
Con ternura
Sor.Cecilia

ValeriaC disse...

Que lindeza de poema Carla...
Beijos, bom dia...
Valéria

Rosa Branca disse...

Lindo d+, acho e a verdade chama dentro de nós,mesmo que por fora ela não apareça, mais está ali no olhar.
Bjos otima semana

www.agape-amorverdadeiro.blogspot.com
www.patyiva.blogspot.com
www.tentardecoracao.blogspot.com

silvo disse...

El calor y la luz van unidos, beijinhos!

edumanes disse...

Escrito por Carla Fernanda
Depois do sol nascente
À luz do dia lá na varanda
Que de outros não era diferente

Acende a luz na noite escura
para o seu caminho iluminar
A caneta e do papel procura
Para seu poema escrever no amor pensar!

um abraço
Eduardo.

Andradarte disse...

Que se sinta sempre assim iluminada..
Bom Feriado
Beijo

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Uma "escrita de luz" escrita com muita luminosidade! Bjs

R. R. Barcellos disse...

Tuas palavras-crianças
Feitas de luz prateada
Brincam com passos de danças
Em teus compassos de fada.

Beijo, Carla.

Sonhadora disse...

Minha querida

Que essa chama seja a luz do amor...lindo como sempre.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Mary disse...

E que luz!! lindo.
Bjs

Carla Fernanda disse...

Simone a gente não pode comentar no teu blog mais não amiga? Por quê??

♫*Isa Mar disse...

Que a luz ilumine sempre teu poemas apagando toda a escuridão.
Beijos e boa noite!

MARILENE disse...

Você brinca com as palavras e traduz sabedoria em seus versos. Daí a luz e o encantamento que transmite.

Grande beijo!

Claudio Poeta disse...

Bela criação! - Parabéns! - Abração

PauloSilva disse...

Muito agradecido pelo comentário :)
Beijinhos e uma boa semana!!

Everson Russo disse...

Ase escritas são sentimentos, são luzes que vivem iluminando nossas almas,,,nossos corações e pensamentos...beijos de bom dia pra ti amiga.

Antonio Rubilar B. Valente disse...

Querida amiga!!!
Mas Carla, sua vertente poética se aguça sempre nos textos mais complexos e de linguagem sibilina.Continue escrevendo, gosto de ler tudo o que vc escreve.Uma ótima quarta-feira pra vc!Um bjo amigo, Rubi.

Carla Fernanda disse...

Obrigada Ruby!

Bom dia!!

Carolina disse...

Suas cartas dão calor a este outono frio =)
Beijos.

Lidi Horácio disse...

Adoreiii


Beijoquinhas :*
Ótima Semaninha ")

SOL da Esteva disse...

Carla, Querida

Sem sombras, a luz do sol não deixaria contornos das pegadas dos sentimentos; desse modo não seriam vistos.
É necessária claridade que não ofusque o verdadeiro sentido da Vida.

Beijo

SOL
http://acordarsonhando.blogspot.pt/

La sonrisa de Hiperión disse...

Preciosos los versos que nos has dejado.

Saludos y un abrazo.

Monja de Clausura Orden de Predicadores disse...

Gracias Carla, por su visita y que le agradará mi post.
Con ternura
Sor.Cecilia

Tais Luso disse...

Ôh, Carla, que versos lindos! Já foi dito tudo, a mim só cabe sentir...
Tens o dom no sangue!

beijos!
Tais

Felisberto Junior disse...

Olá!Bom dia!
Tudo bem?
...concordo!Eu gosto da sonoridade de suas poesias/poemas...o acerto na escolha das palavras...
De uma forma ou de outra, vamos ficando balizados com a nossa visão da luz global, diminuindo cada vez mais a possibilidade de nos vermos UMA só claridade que dá sentido á vida!
boa quinta!
obrigado pelo carinho da visita!
Beijos

Carla Fernanda disse...

Aqui para vocês ‎;*** !!

Obrigada!

Leonel disse...

Carla, teus versos são mesmo como luzes que espantam a escuridão da mesquinhez e da falsidade...
Abraços!

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Linda conjugação de palavras criando um poema maravilhoso!
Bom final de semana Carla, bj.