domingo, março 11

Rio Doce

.

Rio Doce 

Trago ainda
Nos olhos a distância fria do verde
Que aprendeu na mansidão do rio doce
Sobre a paz que brota pura
Das Minas

Saciando
O calor de tantos corpos sedentos
Para continuar do seu leito ensinando
Com a geografia das montanhas
O desafio de sermos mistério
A conquistar

Guardo ainda
A linha instigante de belos horizontes
Onde no trajeto das cachoeiras e pontes
Divago e navego para aprender a nadar
Antes de um dia me encontrar
No salgado azul do mar

(Carla Fernanda) 

*************************

Diz assim o comentário poema do
  Toninhobira

"Linda travessia nestes versos encantados ao Rio Doce
 com todas suas historias ao desaguar neste mar, 
mar que nada sabe do frescor dos vales e montanhas,
 que nunca se arriscou nas quedas das cachoeiras, 
que nada sabe de regar os caminhos por onde passa
 para abençoar a fartura do pão.
Lindo e inspirador minha querida Carla.
Um abraço mineiro de flor pra você.
Beijo!"


Recomendo uma visita ao blog do
  Toninhobira
(Meu Beijo Mineiro de Flor)
Uma pessoa que encanta com palavras
e com a sensibilidade de poucas.
Obrigada amigo por trazer tanta beleza aos meus dias!

Imagem: paoliumaaprendiz.blogspot.com

42 comentários:

Felisberto Junior disse...

Olá!Bom dia!
...eu penso no doce encontro, e não na morte, neste encontro!
Lindo!
Boa semana
Beijos carinhosos

Carla Fernanda disse...

:D verdade!! Pensei assim também... deve ter sido um ato falho... pela minha saudade que conspira contra minha vida nordestina..... kkkkk

edumanes disse...

Rio doce, água do mar salgada,
Que sempre fosse bela
Depois de sonho lindo acordar de madrugada
Passar pela tua rua, e linda como sempre verte-te olhar para mim de tua janela!

Resto de bom domingo para você.
Um abraço.

Felisberto Junior disse...

...melhorou bem, rsrs...uma palavra só, né?...
mas,A POESIA/POEMA em si ,já estava muito bom!...
Obrigado pela consideração e pela sua humildade!
Beijos

✿ chica disse...

Linda,Carla.Adorei te ler, mais uma vez!beijos,chica

Aleatoriamente disse...

Nossa moça! Como ficou belo teu poemar.
Uma saudade terna e rica.

Beijos amada

Eduardo Medeiros disse...

OI Carla, um ótima semana para você.

Gostei muito do "Rio Doce" - "sermos mistério" é um grande desafio...

beijos

Marcia disse...

Lindo demais menina um beijo e boa semana!

Angela Fonseca disse...

Esse Rio me traz a Doce lembrança da minha infância, de quando saía de Minas de trem para visitar meus parentes no Espírito Santo. Longa viagem, muitos sonhos de menina e o rio cortando a paisagem... Beijos, Angela
http://noticiasdacozinha.blogspot.com

Toninhobira disse...

Linda travessia nestes versos encantados ao Rio Doce com todas suas historias ao desaguar neste mar, mar que nada sabe do frescor dos vales e montanhas, que nunca se arriscou nas quedas das cachoeiras, que nada sabe de regar os caminhos por onde passa e abençoar a fartura do pão.Lindo e inspirador minha querida Carla.Um abraço mineiro de flor pra voce.
Beijo.

Carla Fernanda disse...

Um comentário que é um poema Toninho.
Vou publicá-lo como parte da poesia Rio Doce.
Obrigada amigo querido por trazer tanta beleza aos meus dias.
:D

MARILENE disse...

Você enaltece a natureza como ninguém. E o comentário do Toninho é digno de nota. Rio que, ainda que não tivesse esse nome, seria doce, cheio de histórias e lembranças. Bjs.

Lindalva disse...

Minha querida Carla não deu para fofocarmos passei o find a correr a cuidar do neto e a moderar os votos no pena de ouro, vida de sereia é difícil kkkkkkkkkkk mas não te esqueci viu? sabes que moras no meu coração real e as coisas não acontecem por acaso nem o encontro das pessoas... porisso nos encontramos. Um doce e perfumado beijo e odesejo de que esta semana que se inicia seja de muitos sorrisos!

Toninhobira disse...

Ah Carla, é a sua poesia que nos inspira e a mente voa no resgate de todas as lembranças.Então grato por todo este carinho.Bom ter voce por aqui a me transporta por estas serras e rios.Beijo amiga e bela semana.

Severa Cabral(escritora) disse...

Minha linda e querida amiga!
Gosto dos teus mimos e como me cativas com esse jeitinho de menina travessa...
Sabia que vc dava para ser minha filha,kkkkkkkk,tens todos os predicados.Uma alegria indefinivel que me cativa cada dia mais.
Tens um dom de fazer das palavras as mais lindas e emocionantes escritas...quando te leio sinto vontade de revirar tudo pelo avesso,pois sei que tbm ficará lindo e emocionante na hr de ler.
Falar do Toninho eu entendo,só quero saber se vc divide um pouquinho dele comigo,pois é uma das figuras mais enaltecedoras que encontrei aqui no blogsfera,amo-o de paixão.Sei que ele é verdadeiro na hr de comentar...não sabe enganar.E eu vejo muito esse lado,então passei a amá-lo assim como vc...
bjs minha flor!

Olinda Melo disse...

Adorei o percurso deste Rio Doce e o desaguar no mar, azul e salgado, o fim natural, um misto de sucessos e alguns fracassos que com a nossa força interior ultrapassaremos.

Um lindíssimo poema, querida Carla.

Beijos e uma boa semana.

Olinda

Vivian disse...

Bom dia,Carla!!!

Belíssima poesia!!!!E comentário do Toninho!!!
Querida poetisa,adorei a suavidade e fluidez da sua poesia,deu uma sensação tão boa!!!
Beijos!!!

Carla Fernanda disse...

Angela que bom voltar aos bons tempos... dos sonhos... esperança... e nossa região é mesmo um dos pedaços mais lindos que existem entre tantas montanhas e rios.... sem falar do povo mineiro....
:D

R. R. Barcellos disse...

Doce rio, que abraças
As montanhas alterosas
Para ao mar doar as graças
De tuas águas remansosas...

Doce rio, que me enlaças
Em saudades preciosas
De velhas marias-fumaças,
De miosótis, de rosas!

Quisera que minha vida
Calma como tuas águas
Tão mansa e fluida ela fosse;

Mas como a Carla querida
Esquecerei minhas mágoas
Versejando o Rio Doce!


Pois é... me deu saudades. Carioca filho de pai e mãe mineiros...
Obrigado, poetisa mineira, pelo momento de inspiração. Beijos.

ONG ALERTA disse...

Lindo, beijo Lisette.

Leonel disse...

As águas do rio doce, rolando entre montanhas e pedras, trouxeram uma menina das serras alterosas para a beira do mar...
Saudações, Carla!

Everson Russo disse...

Rio que tem a leveza do pensamento e o compasso tranquilo do amor na vida...beijos de bom dia pra ti.

SOL da Esteva disse...

O teu Rio Doce, é o Poema dos rios que nos conduzem até ao mar.
Belo e suave.

Beijos

SOL
http://acordarsonhando.blogspot.com/

manuel fernando disse...

Gracias mi buena amiga por acariciarnos el corazón con la sublime belleza en cada verso de tú hermosa poesía y por concedernos el privilegio de ser testigos de ello. Que tengas un buen comienzo de semana lleno de sensaciones positivas. Un beso desde la distancia de tú amigo.

Misturação - Ana Karla disse...

Tão grande seja esse Rio, doce como algodão, das nuvens vem a imensidão e devagar vais caminhar.

Carla és sensível e nos faz adentrar a fundo na poesia.

Boa semana

Xeros

Jorge disse...

Inebriei-me e deixei-me embalar nas àguas do teu "RIO DOCE", que ao desaguar nas águas do mar perde a sua doçura no "salgado azul" desse mar feiticeiro...
Bj
J

Anne Lieri disse...

Carla,quanta docura nesses versos!Eu adorei,li e reli!Vc é demais,menina!Bjs e boa semana!

Graça Pereira disse...

É pelo rio que se chegará tranquilamente ao mar! Um poema cheio de encanto!
Beijo
Graça

Carla Fernanda disse...

Comentar fazendo fazendo poesia é pra quem pode né amigo lindo. Amei o que vc me deixou hoje... sempre me deixa palavras que enfeitam minha vida amenizando as feridas... gostaria de poder fazer o mesmo por você!!!!
Obrigada!!!!!!!!!!!!!!

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Há imagens
de rios
que permanecem
vivas para sempre
em nossos misteriosos
oceanos...


Desejo que a alegria
faça folia em sua vida.

Carolina disse...

Azul do Mar! Agua bendita, que belleza es! Um abrazo grande.

Fátima disse...

Oi Carla

Que bom que viveu isso, que esteve em lugares lindos como este, boas lembranças. Belas palavras.

Beijo meu

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Carla! Lindos! Combinação perfeita. O teu poema e o comentário do Toninhobira.

Beijos e ótima semana pra ti e para os teus.

Furtado.

David C. disse...

Carla
Muy bonito lo que escribes. El ritmo del poema.
David

Everson Russo disse...

Uma excelente terça feira pra você minha amiga,,,paz, poesia e flores,,,beijos e beijos.

Nómada planetario disse...

Sin el agua solo seríamos yertos minerales. Cómo se agradece la compañía de un río caudaloso. Lástima que el final del viaje sea el mar, los ríos deberían ser una espiral en nuestra vida.
Besos mientras mi garganta se resiente de tanto anticiclón.

Carla Fernanda disse...

Mudei a minha configuração dos comentários para "pop-up". Por favor avisem-me se ficou mais fácil postar os comentários, ok?

Igreja do Porto disse...

Que lindo poema, beijos!

Jesus te ama! disse...

OLÁ ESTOU SEGUINDO VIM ATÉ AQUI ATRAVÉS DO BLOG DA LINDALVA ABRAÇO E PARABÉNS PELO SEU CANTINHO CHEIO DE ENCANTO!!!

Magia da Inês disse...

É uma das suas poesias mais linda.
Você está se superando a cada dia.
Boa quarta-feira!
Beijinhos.
Minas.

✿✿
♪º° ✿

Rô... disse...

oi Carlinha,

e assim se faz na vida,
aprender a nadar,antes de nos
lançarmos na imensidão do mar...
lindo minha amiga...

beijinhos

Everson Russo disse...

Um dia repleto de paz e muita poesia pra ti minha amiga...carinhoso beijo...