terça-feira, outubro 4

Abraço Do Vento


.

Abraço Do Vento

Das noites escuras e puras
Um jeito guardado de amar 
Trocado de roupa no ar
Vestido a luar

E dourando
O abraço do vento levado
Nas nuvens a outro lugar
Que não podem ficar

Pois precisam
Viajar entre o céu e o mar
Para voltar a morar 
Na ternura do olhar

(Carla Fernanda)

Imagem: noitessemfim.zip.net

38 comentários:

Leonel disse...

É o amor e a poesia se aventurando entre os elementos e climas, criando uma atmosfera de sonhos ao sabor dos ventos e das ondas...
O tipo de incursão que costuma ser feita por uma certa mineirinha de Aracaju.
Abraços, Carla!

Antonio Pereira (Apon) disse...

Olá!

Belo poema, complexa simplicidade.

Um abração.

Simone MartinS2 disse...

Bom dia Carla, reencontrei meu amor no olhar, quando juntinhos dançando, paramos e ficamos a nos encarar, percebi que teu amor adormecido estava a espreita esperando por uma oportunidade, e agora, nossos olhares se encontram como antigamente e o amor permanece...Estou muito feliz!! Bjin e fique com DEUS!
Que bom que tua amiga melhorou, se for visita-la, de um bjinho suave na face, por mim!

R. R. Barcellos disse...

Quisera me transformar
Num leve sopro de ar
Para te acariciar.

Beijos, menininha.

ONG ALERTA disse...

Viajar pelos sonhos, beijo Lisette.

silvo disse...

El viento abraza por completo, beijinhos!

Bento Sales disse...

Oi, Carla!
O ar é nossa vida e nossa inspiração, quando ele nos abraça, nos traz mais verve e refestelamento.

Sou fã de suas aliterações.

Parabéns por mais uma pérola!

Abraços do amigo de sempre!

reptilio disse...

mejor un abrazo de oso :d

RELTIH disse...

HUMMMM... DULCE, DELICADO...


BESOS

manuel marques disse...

"Galante conquistador, dispersando o pólen das flores, o vento faz uma boda universal."

Beijo.

Angel@ disse...

Lindo e doce poema!
Suas palavras traduzem a essência de um carinho e carregam pelos ares a carícia do vento!
Que Deus a abençoe sempre!

Andradarte disse...

Uma suave paixoneta...
Beijo

Jorge disse...

É o pensamento, voando nas asas do vento, procurando encontrar quem, os olhos capazes de ver não são.
Abraço amigo,
J

Jorge disse...

É o pensamento, voando nas asas do vento, procurando encontrar quem, os olhos capazes de ver não são.
Abraço amigo,
J

Célia Gil, narciso silvestre disse...

E na ternura das tuas palavras poderá o vento descansar! Bjs

Angela Fonseca disse...

Querida carla, tão bom quando voamos ao sabor do vento e visitamos lugares inesperados. Mas com a promessa de que podemos voltar, se o quisermos. Beijos. Angela
http://noticiasdacozinha.blogspot.com

Angela Fonseca disse...

Querida Carla, tão bom quando podemos voar ao sabor do vento para lugares inusitados, com a promessa de podermos retornar se assim o quisermos. Linda imagem, belo poema. Beijinhos, Angela
http://noticiasdacozinha.blogspot.com

Dja disse...

Lindoooo Carla

beijinhoss.

silvioafonso disse...

.


Este mesmo vento que te lambe
o rosto, me enche de desgosto
ao misturar certo perfume com
o teu.
Eu penso que fico louco, me
esforço e por muito pouco
não noto que esse cheiro é meu.

silvioafonso






.

Olinda Melo disse...

Um abraço do vento que volta, doura os nossos dias de doces suspiros de amor, colocando no olhar a ternura feita de noites enluaradas plenas de brilhos infinitos.

Muito lindo o seu poema, querida Carla.

Beijos

Olinda

P.S.Tenho tido dificuldades em postar comentários.

Tunin disse...

Na ternura desse olhar só o vento pode suspirar. Abração, poeta!

Reinaldo Fonseca - Pascom Paroquial disse...

Olá!!
O Senhor chama a você para que possa cultivar um relacionamento mais profundo com Ele, pois nada pode substituir o nosso relacionamento com Deus.
Passa lá em nosso blog ver a cobertura que fizemos no retiro paroquial.
Abração na Paz e no Amor de Cristo,
Reinaldo

Vera Lúcia disse...

Carla querida,
Vim respirar um pouco de sua poesia e desejar-lhe uma boa noite.
Beijos.

Toninhobira disse...

O vento é sempre uma testemunha fiel de nossas emoções,onde canta, refresca e faz esta revolução.
Meu abraço com toda alegria e paz.
Bju.

♫ ♪ Wilson Miguel ♫ ♪ disse...

Carla querida,

Que a paz desse momento seja eternizada em cada palavra tua.
Alguém já disse que os olhos são a janela da alma... lembrei-me disso ao ler teu poema e acho que eles têm razão...rs

Um abraço de luz no seu coração e que seu dia seja de muita paz

Deus seja contigo

Rô... disse...

oi Carlinha,

que lindo poema,
o amor precisa mesmo
de espaço,
a distância entre o céu e o mar,
as vezes ainda é pequena,
para tanto sentimento...

beijinhos

Everson Russo disse...

Esse abraço do vento que vem de longe e que vai pra longe, refresca a alma, o corpo e traz a sensação mais leve do infinito....beijos de bom dia pra ti querida.

Majoli disse...

Carla querida, saudades de te ler.
Lindo demais esse Abraço do Vento, voltar a morar na ternura do olhar...é nesse momento, que as palavras se fazem desnecessárias, os olhos falam por nós.

Lindo e arrepiante.
ADOREI!!!

Beijos amiga querida.

Vivian disse...

Olá,Carla!!

Que linda querida!!!Acabei de ser abraçada pela sua poesia!!!E amei a sensação!!!
Beijos poetisa!!Cada dia mais inspirada!!

Fátima disse...

Oi Carla,

É poesia é sentida é bela.

(Eu estava olhando pra ver se estava entre teus seguidores, deu trabalho,mas me achei ai, lá atrás..rs)

Beijo meu

Vivian disse...

Adorei esta troca, Carla!!!
Sabe que é a primeira vez que sou abraçada pela poesia?!
beijos!

Emíliana disse...

Que lindo,menina!Adorei seguir teu rastro deixado no blog no Ping Pong do Bento.
Obrigada por passar por lá.
Bjka Carla

Elaine Castro. disse...

Olá, gostei muito da sua escrita, tento ser poeta, não sei se consigo, rs, mas sei reconhecer boas poesias e esta é de primeira categoria.
Parabéns pelo espaço.

Abraços.

Carolina disse...

Hola Carla,
ventos, os proprietários dos céus e del infinito
Ventos de amor, trazem o calor =)

Yo amo seus poemas, são espetaculares.
Beijosssssssss

MARILENE disse...

Que o vento não retenha o abraço e use de toda a sua força, para trazê-lo de volta ao lugar onde deveria estar. Seu poema já é um abraço da natureza.

Carla

Atendendo ao que me foi "solicitado" pela Marly, do PALAVRAS AO BEL PRAZER, indiquei 5 blogs para o "MORE OF ME", e um deles é o seu. Fique à vontade para decidir, mas seria um prazer se participasse. A postagem está em meu blog:
carinhos-meus.blogspot.com

Bjs.

Solange disse...

lindo poema..
fez-me lembrar do brilho da lua, nas madrugadas do meu coração..

bjs.Sol

。♥ Smareis ♥。 disse...

Carla, fiz um post sobre abraço também. Se eu pudesse, e tivesse o dom da transformação viajaria ao vento com minhas asas dourada e chegaria ai num instante só pra te dar um abraço, mas como não posso mando um abraço aos vento como muito carinho pra ti. Belo poetar querida.Deixo um abraço e uma ótima continuação da semana. Beijo grande!
Smareis

Legis disse...

Lindo, lindo!!