terça-feira, setembro 20

No Mundo

.
No Mundo 

Escolho
Outros sons
Que ampliam o meu mundo
Um tanto mais fundo

Dou-lhe as mãos
E viro a chuva que cai no telhado
Depois sou a ave que canta ao lado
Do meu tapete de fio dourado 

E vou sendo
O que vou percebendo
Um recado de amor no papel
Adoçado com pontos de favos de mel

(Carla Fernanda)


Imagem: http://www.baixarwallpapers.com.br

35 comentários:

Joakim Antonio disse...

Quando apreciamos também somos!

Uma ótima semana!

BlueShell disse...

Muito bonito, cheio de sugestivas imagens. Uma delícia, mesmo! Te abraço.

Mafia Sonora disse...

Nada mais doce do que o amor, beijão Carla :-)

silvo disse...

Hay tantos sonidos que ya ni apercibimos debido a la costumbre, pero siempre habrá un bello poema que los destaque y nos los recuerde, sin duda ahora les escucharemos nítidamente, beijinhos!

Andradarte disse...

....há que passar do 'papel' aos atos.....
Beij

Rô... disse...

oi querida,

ainda bem que coloca todo
esse sentimento no papel,
somos presenteados
com tanta beleza,
e tanta doçura de um amor
lindo...

beijinhos

ॐ Shirley ॐ disse...

Que bom, Carla, sentir-se um recado de amor...Bom dia e um beijo!

Everson Russo disse...

De olhos fechados ganhamos a dimensão do nosso infinito interior,,,e a partir dai,,,tudo é possível...beijos de bom dia pra ti amiga.

Solange disse...

delícia de poema...e a foto é muito convidativa..

bjs.Sol

Vivian disse...

Bom dia,Carla!!

Versos mágicos querida!!Para SER é necessário de desprendimento!!Linda poesia!!!
Beijos pra ti!

Sandro Ataliba disse...

De olhos abertos vemos menos, pensamos menos, sentimentos menos. Nosso olhos nos cegam.
Belo texto.
Beijo

A.S. disse...

Carla,

Com os olhos fechados todas as sensações são mais intensas...


Beijos!
AL

Majoli disse...

Tão mimoso...encantei-me!!
"Um recado de amor no papel
Adoçado com favos de mel"

Carla querida, arrasou!!!!
Ulálá, adorei!!!

Beijos enormes no teu coração.

Fernando Santos (Chana) disse...

Poema Espectacular....
Cumprimentos

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

É sempre um encanto passar no seu blog e ver suas belas palavras.
Obrigado!

reptilio disse...

un recado de amor en papel, en tus ojos, en tus palabras, en tu sonrisa :D

RELTIH disse...

ES UN VERDADERO ENCANTO LEERLA.
BESOS

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Que bom poder mudar o rumo do que não interessa e contornar tudo com um fio dourado! Assim só resultarão "favos de mel" deliciosos! Bjs

| A.Luiz.D | disse...

Círculos e angulos perfeitamente elaborados.
Imagem e recriação.

adorei...

Nilson Barcelli disse...

Vamos sendo...
Belo, querida amiga.
Beijos.

R. R. Barcellos disse...

Tapei meus ouvidos... sonhei;
Cobri os meus olhos e ouvi
O canto dos favos de mel,
Segredos da chuva a pingar.
Fechei-me em mim mesmo e senti
A voz da poetisa a cantar...

Beijos.

Olinda Melo disse...

Um poema perfeito, querida Carla, em verdadeira conexão com a vida e todas as suas facetas.

Beijos

Olinda

✿ chica disse...

Sempre lindo aqui e adorei o comentário divertido,srrs beijos,chica

Leonel disse...

Agora brincas com os sons e os transportas para o papel...
Aqui, o tempo seco deixou meus cajueiros floridos. Se continuar assim, logo terei muito caju...O calor já começa a ameaçar...Que saudade do friozinho!
Abraços, Carla!

Simone MartinS2 disse...

Boa noite...me viro chuva e reviro tua vida...trago o frio para poder te aquecer...trago a primavera para poder te ver florescer, mas é no verão que fico feliz, pois sei que as chuvas estarão sempre por aqui...Bjin, me empolgando, como sempre...rsrsrs

Toninhobira disse...

Assim como dias de Sol,dias de chuva inspiram,lembram aconchego e refazem sonhos acordados nesta eterna mutação de nosso coração.
Belissima inspiração Carla.
Um terno abraço.
Bju de luz nos seus dias.
Com poesia.

ONG ALERTA disse...

Lindo o recado do amor no papel, beijo Lisette.

Carla Fernanda disse...

Gosto do seu quintal...adoro quintais....e o cajueiro?? Que tal uma foto de corpo inteiro??

Crista disse...

Que coisa mais linda!!!!
Doce e terna como tu!

Van disse...

Ampliar o mundo, levar o atento coração até onde vislumbramos, ser parte por perceber.

Uma forma mais plena de viver. Lindo poema!

Beijos, Carla

Everson Russo disse...

Mundo próprio de amor,,,pintado com as mais belas paisagens da alma...grande beijo de lindo dia pra ti.

Ricardo Miñana disse...

La lluvia inspira tu precioso poema.
un abrazo.

Simone MartinS2 disse...

Bom dia...pasei aqui para te oferecer um belo cafe da manhã, com direito a amoras em meu segundo quintal, a escola onde trabalho, va em meu blog., ainda nao cresci e veras que maravilha! Pode pegar algumas para ti eu deixo, rsrsrs...É serio! E sabe que essa amoreira será derrubada apos o dia 10/10? Meu CEI vai todo abaixo, aterrado e será construido tudo de novo...será que irao deixar nosso parque lindo e grande permanecer? Estamos todas muito triste, mas tem que ser...Corre la e pega algumas amoras ok? Bjin

Daíse disse...

Adorei teu jeito de escrever!!!
E sobre o teu cantinho: Amei !!!!!
Me encantei !!!!!
Voltarei sempre!!!!
Bjinhos !!!!

Carla Fernanda disse...

Com as amoras farei um bolo e te oferecerei de consolo.....kkkkk
:D
Obrigada!!