quarta-feira, julho 6

Estio de Amor


Estio de Amor 

Num pequeno espaço
Entre segundos
Que nem sei
O quanto durou

No meu sonho
Estavas perdido
De corpo vazio
Lamento

Estio de amor
Rima por dentro

(Carla Fernanda) 

Imagem: oblogdalibelua2.blogs.sapo.pt

35 comentários:

✿ chica disse...

E essa rima há de fazer reflorescer o amor...Lindo!beijos,chica

Parole disse...

Sensibilidade de quem ama e quer ver o outro bem... Poema terno e lindo.Beijo.

Bernardo disse...

^^

Joop Zand disse...

my compliments Carla....it's wonderful.

greetings, Joop

Pena disse...

Estimada e Talentosa Poetiza Amiga:
"...
No meu sonho
Estavas perdido
De corpo vazio
Lamento

Estio de amor
Rima por dentro..."

Um poema significativo do seu sentir perfeito.
Excelente! Provalvelmente, comporta uma mensagem apurada?
Bem-Haja, pela poetiza sublime e mágica que é.
Abraço amigo de respeito e gratidão pela sua visita simpática ao meu blogue.
Com admiração constante e SEMPRE!

pena

Bem-Haja, pela poetiza divinal que é.
Parabéns.

Camille disse...

bem forte esse hein? gostei bastante!
bjs

Antony Sampayo disse...

Un micro segundo de amor, Carla.

Besos.

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Simples e muito bonito! Bjs

Um brasileiro disse...

Muito lindo. Beijos e abraços.

Leonel disse...

Boa noite, menina poetisa!

Magia da Inês disse...

ჱܓ
。° ✿ Olá, amiga!

Estio de amor?!... espero que a primavera chegue logo, logo... com muito perfume, flores e aquela alegria especial...

Beijinhos.
Minas.
✿ ✿
♫° 。✿ ჱܓ

Felipe Paulo disse...

Olá Carla,

Usas uma escrita, como podemos dizer : Misteriosa e bela.
É verdade, existe várias
formas de amor, vários momentos.
Impressionante a pintura da imagem,
cada pincelada de cores vivas.

Bjs, ótima noite cheia de paz e alegria.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Carla
Poema curto e objetivo, de um amor que acaba quando se acorda.
Bjux

Carlos Leite disse...

"Num pequeno espaço
Entre segundos
Que nem sei
O quanto durou"

Acho que estes versos são uma definição de amar. Espaço pequenos, pois, apenas "cabemos" nós e dura apenas "uns segundos", mesmo que isso seja a vida toda. É insignificante, pois, a vida são sempre segundos.
Abraços,
Carlos Leite, http://opintordesonhos.blogspot.com

Arnoldo Pimentel disse...

Quando chega o estio, é tempo do campo encontrar seu próprio interior e continuar o caminho para quando novas chuvas trazerem vida.Beijos

Simone MartinS2 disse...

Boa noite Carla...
E nos meus sonhos,
Sinto um amor, um vicio!
Onde me proponho,
A viver um amor sadio...
Um amor verdadeiro,
Na ausencia do amor ficticio!

Me empolguei como sempre, mas isso é o amor dentro de mim...bjin

Carla Fernanda disse...

E são. A definição que cabe no meu coração Carlos.
Obrigada!
:)

Sandro Ataliba disse...

Quem ama nunca está sozinho de fato.

Thaís Alves disse...

A tua capacidade de colocar em poucas palavras uma mensagem tão densa, sempre me enche os olhos. Lindo! Beijos

Bento Sales disse...

Carla, o amor fugaz é o mais inesquecível ao nosso coração, mas um bom tema para poesia.

Parabéns pelo poema e talento!

Abraços!

Joakim Antonio disse...

Por poucos segundo morremos, para então renascer.

Abraços

Carla Fernanda disse...

Talvez Bento seja por ser o amor fugaz como a própria vida...e os dois então, fundam-se em breve e eterno!

A.S. disse...

Carla,

Muito lindo o poema!...
Tal como no mais breve dos sonhos, também é fácil perder-se nos estios do amor!

Beijos,
AL

SOL da Esteva disse...

No teu sonho, encontrares o Amor perdido e vazio, descreve, exactamente, um sonho de dormir.
Mas o Verão está lá, ameno, aquecido do sol, a dizer que o sonho não é aquele.
O sonho é de Amor.

SOL da Esteva
http://acordarsonhando.blogspot.com/

Fa menor disse...

Nada melhor do que a rima do coração :)

Everson Russo disse...

Que seja, e será , um pequeno espaço,,,depois o amor volta com força total...preenchendo totalmente...grande beijo de bom dia pra ti amiga.

Yasmine Lemos disse...

O amor se acolhe em qualquer espaço que o deixe livre!
beijos

Vivian disse...

Bom dia,Carla!!

Com uma poesia tão bela quanto essa, logo acaba o estio!Beijos pra ti querida!!

ॐ Shirley ॐ disse...

Amei, Carla. Um dia lindo pra voce!

Salsicha Mecanica disse...

Parabens pelo blog, acompanho ja faz algumas semanas.
Estou seguindo, se puder, entra no meu blog e siga eu tb. Grato

Fotos da mulherada de Rio Preto e regiao. Atualizadas constantemente. da uma olhada la no mu blog: http://salsichamecanica.blogspot.com

Memória de Elefante disse...

Vim retribuir a carinhosa visita, um prazer te receber sempre.
O amor habita os quartos mais secretos, de repente busca um horizonte diferente que muitas vezes antes disso nem pressentimos.

Parabéns pelo belo blog e poemas!
Um beijo

reptilio disse...

me gusto mucho carla!

que bueno que siempre tengas dulces palabras para los que te leemos

La sonrisa de Hiperión disse...

Siempre maravillosos, los versos que nos dejas...

Saludos y buena tarde.

Fred disse...

E rimar por dentro é o que conta... hehe! Bjz, querida!

Marina Fligueira disse...

Hola Carla!!!
Que bueno es esto de rimar por dentro. Un verso abrazado con sensibilidad y ternura.
Felicidades. Un abrazo de esta amiga que te estima. Se muy feliz