sábado, junho 4

Madrugadas


Madrugadas

Conheço algumas 
Madrugadas indiferentes
Senhoras exigentes
Um ar de ausente
Não sentem

Não se importam com a gente
Se tá frio ou quente
E são tão solitárias
Arrogantes arbitrárias

Encontro-me com elas
Com todo cuidado
Para que a sua monotonia
Não transforme a minha alegria
Em melancolia
Da noite para o dia

E outras...
São tão diferentes
Amigas antigas
Sempre ao meu lado
Como amante amado
E o meu amor acordado 

(Carla Fernanda)

29 comentários:

Machado de Carlos disse...

Sou notívago. Conheço todas as madrugadas. As quentes as frias. Deparo-me muito com os comportamentos humanos.
Tudo certo, pois minha mente se volta para o lado positivo da vida.
Admiro-lhe pela rapidez ao escrever.
Parabéns pelas belas escritas.
Escreva sempre, pois somos movidos as palavras escritas.
Um grande Abraço!

silvo disse...

Personas frías, seguramente no se les sabe mpotivar, besos

MACAU BANGKOK O MAR DO POETA disse...

Estimada Amiga Carla Fernanda,
Mais um belo e maravilhoso poema, singel;o, mas com imensa profundidade, o qual adorei.
Quero agradecer a sua gentileza, sobre o meu estado de saúde, mas graças a um tratamento intensivo, mas doloroso, aqui estou de volta.
Um abraço amigo com votos de um óptimo fim de semana.

Anônimo disse...

De um apartamento... perdido na cidade!

Deusssssssssssssskiajude
Beijo na madruga, bom findi... FÊ
Tatto

Vivian disse...

Bom dia,Carla!!

Minha querida, sua poesia é um encanto!!
Com muita sensibilidade e profundidade!!
Beijos!!
Bom sábado!!

Anônimo disse...

Amiga,

Jacaré abraçou o meu blog... não consigo escrever comentários nos blogs de muitos amigos.
Somente como "anônimo"... que chato!!!

Quanto a poesia... linda com seu jeitinho alegre e sapeca de escrever.

Boa semana!
Beijinhos.

magiadaines.blogspot.com
°º♫
°º✿Minas
º° ✿♥ ♫° ·.

Everson Russo disse...

As madrugadas em seus gritos de silencios, em suas cores opacas e escuras, muito nos mostram,,,expões nossos sentimentos, nossas dores e solidão...grande beijo de bom sabado pra ti...

Lindalva disse...

Sou uma madrugueira minha querida, sei bem.... Olha já convidei e convido de novo pq tu é muiiiito importante para mim.. Meu aniversário está chegando e quero partilhar com meus amigos seja real ou virtual (os amigos do coração)... o convite da festa está na Ilha esperando por você...Um FDS bem inspirador! beijos

Crista disse...

Gosto demais da conta de passear por aqui!
Beijosss...

Mafia Sonora disse...

Adoro as madrugadas, mas como você disse algumas tem que se tomar cuidado com certeza, beijão Carla :-)

Felipe Paulo disse...

Bom dia Carla,
Mais uma de tuas belas poesias,parabéns!
A tantos tipos de madrugadas,animadas ou tranquilas sempre estamos a presenciar e a vivê-las.
Bjs ótimo fim de semana,cheio de alegrias!

Felipe Paulo disse...

Ah,linda imagem é a madrugada dai de Aracaju?Está me parecendo.

| A.Luiz.D | disse...

Muito bom,

TRocar as vezes o dia pela madrugada,
é tomar café a qualquer hora!
Imaginar sonhos ausentes....

Nilson Barcelli disse...

Há madrugadas para todos os gostos...
Belas palavras, gostei do teu magnífico poema.
Querida amiga, bom fim de semana.
Beijos.

Nómada planetario disse...

Como decimos acá todo es según del color del cristal con el que se mire.
Besos.

Sergio Martins disse...

Poema mágico! As madrugadas sempre fantásticas, embora, com seu mal-humor! Bom fim de semana; bjs!

La sonrisa de Hiperión disse...

Amiga, estupendo post el que nos has dejado. Un placer volver por tu aquí.


Saludos y buen fin de semana.

La sonrisa de Hiperión disse...

Amiga, estupendo post el que nos has dejado. Un placer volver por tu aquí.


Saludos y buen fin de semana.

Antony Sampayo disse...

Un amanecer poético, amiga Carla.

Besos.

R disse...

ME ENCANTÓ ESTE POEMA Y LA IMAGEN ES PRECIOSO.
TE FELICITO!!!!!!

FELIZ FIN DE SEMANA, AMIGA!

PATRY

R. R. Barcellos disse...

- Saudades da juventude,
- Saudades, minhas amadas,
- Saudades das inquietudes,
- Saudades das madrugadas...

- Beijos orvalhados, Carla.

Célia Gil disse...

Parabéns pela sua criatividade! É sempre muito bom ler-te! Que tenha uma boa noite e uma madrugada melhor e não indiferente! Bjs

Sonhadora disse...

Minha querida

Lindo como sempre e as madrugadas anunciam sempre o dia que temos à nossa frente, resta sempre saber como será, é a magia do tempo.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Jardeane disse...

Oi querida odorei o seu blog
seguindo...
http://docemeell.blogspot.com/

Toninhobira disse...

É lindo seu poetar e numa fluidez fantastica.As madrugadas tantas que nos assombram e nos encantam,são tantas amiga e muitos que se rigozijam nelas,assim como eu.Mas tem aquelas madrugadas que parecem sem fim, estas não canto.
Belo domingo.
Abraços ternos a voce.
Bju de luz.

Evanir disse...

E por falar em saudades quem não sente saudades
quem sabe até saudades de si mesmo.
Parabéns amiga pelo lindo poema um feliz Domingo beijos meus,Evanir..

Thaís Alves disse...

Amo a sminhas madrugadas, todas elas num sono delicado com o amor ao meu lado. Beijos

AFRICA EM POESIA disse...

CARLA


A vida é assim complicada mas bela.
vida é amor

beijos

Majoli disse...

As minhas madrugadas, estão mais pra essas indiferentes, que nem liga pra gente, que me machuca, me maltrata e me deixa descontente.
Mas eu vou seguindo em frente, a procura de uma talvez mais envolvente, que me faça contente, que me deixe envolvente, feito lua crescente.

:)

Não resisti...rs.

Beijos querida Carla.