quinta-feira, maio 19

Falta

 Falta

Não foi do sol...
Nem do ar que senti falta
Nestes dias em que estive
Trancado me curando...

Mas dos teus versos
Pequenos presentes divinos
A me emocionar
A cada manhã

Enquanto você querendo saber de mim
A me procurar e a perguntar
Muito além da beleza
Onde refletes a sua nobreza
Me encontrarás
Com um poema na mão
E morrendo de
Saudades

(Ricardo Steil e Carla Fernanda)

35 comentários:

petrolin50 disse...

Obrigado pela sua contribuição. A foto que acompanha é uma pequena obra de arte. Nice. Tenha um bom dia. Beijos. Peter.

RINCON DE AMIGOS disse...

cuánta expresión en este bello poema!!!
felicitaciones!!!

Patry

Luís Coelho disse...

A saudade de cada verso corre suave num tempo que a ausência marca presença.

Joop Zand disse...

Prachtig gedaan....mijn complimenten.

Ik wens je een bijzonder mooie dag toe.

Lieve groetjes, Joop

silvo disse...

Me gusta este poema que habla de las preocupaciones de gentes que se aprecian, besos

Arnoldo Pimentel disse...

Parabéns aos poetas pela bela e inspirada poesia.

Everson Russo disse...

A vida se faz dessa mistura...dos versos e da saudade que neles moram,,,grande beijo de bom dia pra ti querida.

Vivian disse...

Bom dia,Carla!!

Nossa!!A parceria de vocês é perfeita!!!
Parabéns!!Ficou lindo demais!!!
beijos querida!!

Simone Martins2 disse...

Bom dia...como ja havia dito, belo poema e belos poetas que com teus escritos, me emocionam, me inspiram...bjin

Sandro Ataliba disse...

Que belo texto, e bela declaração. Usar tais palavras para dizer algo já emocionante por si só chega a ser covardia. rs

Ricardo Steil disse...

Carla, novamente obrigado pela oportunidade de escrever ao teu lado. Enorme beijo. P.S.: adorei a nova foto que colocastes no blog e em baixo o poema Lucidez.

lucidreira disse...

Demorei? Aqui estou de novo! É a vida atribulada quem é a culpada.
O bom é que encontrei você com um poema na mão. Lindo, leve, solto, saudoso e real.
Abraço

Guará Matos disse...

E eu aqui cuidando de suas flores.

Bj.

Fred disse...

Todo mundo tem uma falta pra sentir, né? Bjz!

Leonel disse...

Que poema colorido, se vaporizando na mão!
Dura mais tempo na mente!
Abraços!

Mauro S disse...

Oi Carla, vez que outra, eu apareço, o que por aqui não é mais como antes, por aqui = meu blog, e comentando.
Belo poema, lindas palavras!
Beijos, Mauro

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Um fantástico dueto! Estão os dois de parabéns!

Majoli disse...

Oi querida, que encaixe perfeito de suas palavras com as do Ricardo.
Parabéns aos dois.
Beijos com carinho.

Felipe Paulo disse...

É tão bom encontra toda manhã uma palavra,vinda de quem amamos, que nos conduz feliz durante o dia que, as vezes,é tão turbulento.
Bjs,lindo cada poema.Deus guarde a ti e tua casa!

iglesiasoviedo disse...

Un hermoso poema de amor, sentimientos y añoranzas.
Acompañado de una hermosa e imaginativa foto.
Un beso.

Camille disse...

aaaaw! que fofo! amei o poema!
bjs

Julliany kotona disse...

Que lindo amiga,teus sentimentos são os meus nesse momento eu me vi nestes versos,bjooos lindo poema,tenha um belo dia.

Ricardo Steil disse...

Linda, amanhã não estarei on-line por motivos de trabalho. Mas, não esqueci teu niver, de modo que, já programei um singelo presente para ti no meu blog. Enorme beijo e que tudo de bom venha neste ano que começa agora.

Long Haired Lady disse...

pode faltar tudo, menos a poesia…rs

Carla Fernanda disse...

Obrigada Ricardo!

Ricardo Steil disse...

Espero que aprecies, é simples mas de coração

Leonel disse...

Carla, respondendo à sua pergunta, a praia no meu blog fica na Barra da Tijuca, Rio.
Abraços!

Leonel disse...

Carla, para ser mais exato, aquela foto, batida por minha sobrinha, foi um pouco além da Barra, já no Recreio dos Bandeirantes! Sorry!

Nómada planetario disse...

Con un poema en las manos. Gran metáfora.
Besos.

Andradarte disse...

Um belo poema...dá-nos alento...
Beijo

reptilio disse...

hermosa ya falta poco para el fin de semana que estes bien

Bela disse...

Que linda poesia!
Acho que pude ver um pouquinho de mim nela...
Beijos,
Bela.

ॐ Shirley ॐ disse...

Muito bom esse poema a quatro mãos. Gostei muito. Beijos aos dois!

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Acredito que o
que mais desejamos
da vida,
é a ternura
de alguém
a cuidar de nós.

Que as estrelas
sempre brilhem em teu olhar.

Rosemildo Sales Furtado disse...

A cordialidade e a reciprocidade de sentimentos são duas coisas lindas e importantes no ser humano. Belo poema. Parabéns para os autores.

Beijos e muita paz pra ti.

Furtado.