segunda-feira, abril 25

Liberdade


Liberdade

Naquele tempo
não havia passado ou futuro,
só presente sem muros.
Nem as horas dos relógios
e dos repiques de sinos distantes.
Só encontros esperados 
marcados ao canto dos pássaros.
Nosso caminho era o roteiro do dia inteiro,
e o trilhar de estrelas rompendo fronteiras.
Nosso espetáculo,
 a miragem do beijo das folhas
bailando com o vento,
 e a brincadeira das corredeiras
de tantas cachoeiras faceiras.
Desse tempo,
muitas promessas incontidas de vida,
e a dor sem tamanho e medida,
do inevitável da despedida
jamais esquecida
daquela liberdade perdida.
Restou a música orquestrada
nas rimas do meu coração,
  e bate sem parar
me lembrando a cada pulsar,
a direção de amar.

(Carla Fernanda)

Foto: Cachoeira do Rio Doce, MG (Janeiro/2011)

25 comentários:

Alexandre Mauj Imamura (lostinjapan.tk) disse...

que lindo seu poema, com mta paixão nas palavras! gostei!
boa semana!

Poeta del Cielo disse...

linda poesia carla sempre encontro en elas um sentir lindo marcado pelo amor.. que asim de claro se sente al leer tus letras lindas sublimes elas... lindo poema amiga.. parabems

saludos
linda semana
abracos

Joop Zand disse...

Nice place to be....lovely poema Carla.

greetings, Joop

Luís Coelho disse...

O tempo passou e com ele voou essa liberdade de meninos sem muros, barreiras nem outros tabus que nos tiraram a inocência.
Nada acontece por acaso.
É preciso crescer............

silvo disse...

Encuentros que son instantespero, de alguna forma son eternos, beijinhos

Magia da Inês disse...

•✿♫°.•
Como eu queria esse tipo de liberdade...
Você se superou nesse poema.
Boa semana, amiga.
Beijinhos.

♫♫.•*¨*•♫♫¸
°•♥°Minas°°
ઇઉ ✿ܓܓ♫♫

Aleatoriamente disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aleatoriamente disse...

Querida, que poema belo.
Essa liberdade é um enacanto.
Amei te ler.

Beijinho.
Fernanda

✿ chica disse...

Liberdade linda, que sempre temos que reencontrar...um beijo,linda semana!chica

Célia Gil, narciso silvestre disse...

O tempo passa, nele ficam impressos bons momentos que ficam para sempre na memória! Belíssimo poema!

Ives disse...

A música é um espetáculo de sinos distántes onde só o coração em plena sintonia com o amor, pode entender suas frases romanticas, abraços

Everson Russo disse...

Deliciosamente cheio de saudades seu poema,,,daquele tempo que nao volta mais,,,mas que marcou profundamente a memoria...grande beijo de boa semana pra ti.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Que legal,Carla. Cada vez melhores escritos. parabéns. Beijos

Simone Martins2 disse...

Bom dia, agora renovadas e prontas para continuar sempre...Liberdade? Naquele tempo eramos livres e o dia custava a passar...Hoje, nossos filhos ficam na maior parte do tempo, dentro de casa e nós ate gostamos, pois a tal da Liberdade foi-se junto com o nosso tempo, e melhor te-los presos em casa do que nas ruas onde a liberdade se tornou ato de "Libertinagem", violencia, malandragem...Bjin e que DEUS nosso Senhor possa nos brindar com dias melhores, sem a tal da libertinagem...Bjin e fique com DEUS!

reptilio disse...

Que tengas una muy buena semana!

Diviertete guapa

Amapola disse...

Bom dia, querida amiga Carla.

Belo e nostálgico.
Lindo...

Um grande abraço.
Tenha uma linda semana de paz.

Antony Sampayo disse...

Eres muy romántica en tus letras, Carla, no dejo de enamorarme de la forma como expresas tus sentimientos en las poesías.
Y por cierto que bella eres, no te lo había dicho antes.

Besos.

Felipe Paulo disse...

Tão bom quando algo
agradável nos marca
tanto no coração quanto
na mente,é uma lembrança
que vale apena lembra e se
possível voltar a viver.
Bjs,Carla,Deus te ilumine a
cada dia e te cuide e a toda
sua casa!

Fred disse...

Liberdade é o bem mais precioso. Por isso mesmo não se ganha. Se conquista. Hehehehe! Bjz, querida!

Long Haired Lady disse...

o tempo de viver o presente é sempre, a gente é que esquece…

ps. pq vc me chamou de Juh? rsrsrsrs

beijo!

Guará Matos disse...

Liberdade de escolhas, sempre, presente, ardente.

Bj.

Aleatoriamente disse...

Carla, passei para agradecer tua visita.
Linda tua liberdade.
Um poema bem elaborado.

Beijinho querida.
Fernanda

Monja de Clausura Orden de Predicadores disse...

Buenas noches mi entrañable amiga Carla:
Mi servidor del traductor no funciona, así que poco he podido entender de su poema.Me lo hace muchas veces. Lo siento, Pero le dejo un beso grande de ternura, eso sí que me lo puede entender ¿verdad?
Sor.cecilia

Ana Paula Ruggini Zarpelon disse...

"Liberdade, liberdade abra as asas sobre nós!"

Parabéns mais uma vez!

Beijos!

Thaís Alves disse...

Mais um lindo poema, Carla... espero que um dia a gente possa alcançar de novo este tipo de liberdade que exige que as coisas sejam simples e não este estresse diário de hoje em dia. Deixei um selo pra vc lá no blog. Beijos!