quarta-feira, março 16

Amar é tempo presente


Amor que aprende a esperar,
perde a urgência de beijar.
(Carla Fernanda)

Imagem da internet: by ~Danielmilk

17 comentários:

Guará Matos disse...

Beijar agora e tudo mais!

Beijossssssssss!

Angela Fonseca disse...

E beijo, definitivamente, é inadiável! Eita trem bão! Beijinhos, Angela

Letícia Nunes disse...

Verdade mais que verdadeira!!

Beijinhos

Leonel disse...

É isso aí, não pode vacilar nessa hora!

Katia Cristina disse...

É a mais pura verdade!
bjs

Wanderley Elian Lima disse...

Então, nada de esperas rsrsrsrs
Bjux

Meias de Seda (Suzy) disse...

Sábia citação, querida...rs
Bjinhos ;)

Ana Paula Ruggini Zarpelon disse...

Realmente, para o amor não vale a pena esperar!

RELTIH disse...

MUY BUENO Y SARCÁSTICO PENSAMIENTO!! JAJAJAJA ME GUSTA.
UN ABRAZO

Ana Paula Ruggini Zarpelon disse...

Olá Carla,

são de mais blogueiras como você que a internet precisa! Retribui os comentários, isto mostra preocupação e simpatia!

Valeu e torço para que seu blog bombe de seguidores e comentários!

Abraços!

Xipan Zéca disse...

Amor que aprende a esperar,
perde a urgência de beijar.

E perde a vêz de "nhánhar"

Nhánhar = Verbo indefinido onde o "nhá" não tem nada a ver com o "nhar"

Deussssssssssssssssssskiajude
Beijo
Tatto

O Baú do Xekim disse...

Olá amiga, boa noite

Tá tudo bem comigo, sim. Obrigado.
Você, tua família e alunos, também estão bem?

Beijinhos e abraços para distribuires aí.

Professora Carla Fernanda disse...

Ana Paula, blog é como trânsito, uma questão de educação.
Obrigada pelos votos!!
Sucesso!
Carla Fernanda

Albuq disse...

Beijar é minha conversa favorita. bjsss

Vinicius.C disse...

Boa tarde Professoraa!!

Passando para deixar o meu beijo e contar que passar por aqui é um caminho muito bomm!

Um beijooo

Nos encontramos no Alma.

Vinicius.

Antony Sampayo disse...

Completamente de acuerdo, Carla, las manifestaciones amorosas si son de inmediato mejor, para mañana puede ser tarde.

Besos.

Professora Carla Fernanda disse...

Quites então!